Instituições de ensino na mira de estrangeiros

13/02/2013 – (por Reginaldo Gonçalves*) A busca por fontes de financiamentos para investir no sistema educacional parece ser uma das grandes metas do governo, provocando discussões fervorosas entre os governadores de vários estados produtores de petróleo, que perderão parte dos royalties para as demais federações. A justificativa do Planalto é a distribuição de renda, utilizando…

Nem burro trabalha sem comer

21/12/2012 – (por Carlos Átila*) Sessenta anos atrás, meu avô interrompeu o trabalho e me chamou para almoçar. No caminho, me contou a seguinte estorinha: nos tempos em que não havia nem caminhões nem ferrovias, um tropeiro resolveu ensinar seu burro a trabalhar sem comer. – “O que me pagam não dá nem para o…

Terceirizar: pode ou não?

17/12/2012 – (por Carlos Carlucci*) A terceirização é unanimidade nas empresas de telefonia. Mas uma decisão recente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) deixou uma dúvida no ar: operadoras de telefonia podem ou não terceirizar os contact centers? Eu acredito que podem e devem sim, afinal a atividade-fim destas empresas é oferecer serviços de telefonia…

Contratos de financiamento de bens móveis ou imóveis sofrem mudanças na forma de cobrança judicial

21/11/2012 – (por Ricardo Kobi da Silva*) Antigamente, falava-se que o contrato tinha força de “lei” entre as partes, sendo certo que seu conteúdo tinha que ser observado, praticamente amarrando contratante e contratado a seus termos. Com o tempo, foi surgindo nova forma de se entender o contrato e o direito, pela chamada “boa-fé contratual”,…

O Brasil precisa de investimentos ferroviários

21/11/2012 – (por Creso de Franco Peixoto*) Ferrovias são artérias econômicas de qualquer país de dimensões continentais. Em distâncias de transporte de carga superiores a 100 km, preferíveis. Superiores a 500 km, imbatíveis. Trem não é contraponto a caminhão. Complementam-se. Caminhões concentram carga, composições ferroviárias as carreiam. A intermodalidade gera custo de transbordo que desaparece na…

Brasil: a frieza dos números

8/11/2012 – (por Alcides Leite*) Nos oito anos do governo Lula a economia brasileira cresceu em média 4% ao ano, enquanto o crescimento médio anual da economia latino-americana foi de 4,1%. Nos oito anos do governo FHC o Brasil cresceu, em média, 2,3% ao ano e a América Latina, 2,2%. Os números mostram que, nesses…