Contratos de financiamento de bens móveis ou imóveis sofrem mudanças na forma de cobrança judicial

21/11/2012 – (por Ricardo Kobi da Silva*) Antigamente, falava-se que o contrato tinha força de “lei” entre as partes, sendo certo que seu conteúdo tinha que ser observado, praticamente amarrando contratante e contratado a seus termos. Com o tempo, foi surgindo nova forma de se entender o contrato e o direito, pela chamada “boa-fé contratual”,…